Infográfico: vocabulário de inverno em inglês

Mulher com cachecol e touca de frio

No Brasil não temos snow (neve) ou lagos congelados, mas não podemos negar que a estação mais fria do ano tem seu lado charmoso! A chegada dessa estação nos deu a inspiração para criarmos mais um material especial: um infográfico com vocabulário de inverno em inglês!

Todo final de junho, o winter (inverno) chega no hemisfério sul e tiramos do armário todas as winter clothes (roupas de inverno). Certamente, é a época perfeita para preparar aquele hot chocolate (chocolate quente) delicioso.

Já sentindo a cold snap (onda de frio), podemos dizer que “winter is coming”. Mas calma, é só o tempo frio mesmo.

Got GIF by Game of Thrones: #PrepareForWinter - Find & Share on GIPHY

Clique aqui embaixo para acessar o infográfico e manter suas habilidades linguísticas sempre aquecidas, independente do weather (clima)! Confira o vocabulário de inverno em inglês:

Como aprender inglês mais rápido? Descubra 4 segredos

Duas mulheres sorrindo e apontando para a imagem de um pequeno foguete

O inglês é o mais procurado quando o assunto é aprender um novo idioma. São muitos os motivos que levam milhares de pessoas a se dedicarem aos estudos dessa língua, mas o que todas têm em comum é o desejo de acelerar o aprendizado.

Por isso, sempre nos perguntam: como aprender inglês mais rápido? Trouxemos 4 segredos para você turbinar os estudos e conquistar a tão sonhada fluência!

Segredo nº 1: Aprenda tudo no contexto

Vocabulário é importante, mas não adianta decorar tudo e não saber utilizar. Por isso, sempre aprenda palavras inseridas em frases e textos.

Muitos termos são utilizados em expressões e podem perder o sentido caso você tenha apenas decorado o significado. Então já sabe, sempre aplique o vocabulário a um contexto.

Segredo nº 2: Viva o inglês no cotidiano

Sabe por que quem viaja ou vai morar um tempo no exterior consegue aprender inglês mais rápido? Por causa da exposição diária ao idioma.

Contudo, dá pra dar um jeitinho nisso por aqui no Brasil mesmo. Existem formas muito simples de “obrigar” o seu cérebro a pensar em inglês: 

  • Configure todos os eletrônicos e aplicativos para o idioma inglês;
  • Siga páginas e perfis que publicam em inglês nas redes sociais. Aproveite, crie o hábito de todos os dias publicar alguma frase ou pequeno texto para praticar o idioma. Pode ser nos stories que somem depois de 24 horas, por exemplo;
  • Repita em voz alta alguns diálogos de filmes e séries que você gosta. Pode parecer meio maluco, mas construir uma situação na sua cabeça, como se realmente estivesse vivendo, irá ativar seu cérebro como a virada de uma chave pro “modo inglês”.

Segredo nº 3: Você precisa de 21 dias

Existe um consenso de que uma pessoa leva no mínimo 21 dias fazendo uma mesma coisa até que ela se torne um hábito.

O tempo pode variar de um indivíduo para o outro, mas o fato é que se você precisa tornar os estudos um hábito, precisa se esforçar para que não falhe nenhum dia pelo menos por um mês.

Para aprender inglês mais rápido, é importante que você tenha um contato mais profundo com o idioma todos os dias, ou seja, consumir um conteúdo e o aplicar numa breve atividade.

Mesmo que não seja por muito tempo, use cada minuto para se concentrar somente em aprender inglês. Longe de distrações!

Segredo nº 4: Se preocupe com o progresso

Sim, esteja preocupado com o seu progresso. Os detalhes “técnicos” você vai aprimorando com o tempo.

Quando você gasta toda sua energia buscando a perfeição em um só tema, perde o tempo que poderia estar aprendendo uma infinidade de outras coisas.

Perceba que todos os segredos envolvem prática e só com a prática que se chega à excelência, neste caso, à fluência.

Mas esteja ciente de que, se hoje você aprendeu algo novo, além do que sabia ontem, já é um desenvolvimento.

Se você mirar só no resultado final, vai querer pular o processo. Aprender inglês mais rápido depende muito do progresso diário.

Expressões românticas em inglês para o Dia dos Namorados

Um homem e uma mulher abraçados segurando um balão em formato de coração para ilustrar o texto sobre expressões românticas em inglês

“Love is in the air”! Todos os anos no Brasil, o mês de junho é marcado pelo romantismo do dia em que os casais trocam presentes e comemoram por estarem juntos. A data já é especial por si só, mas você pode tornar tudo ainda melhor soltando a criatividade depois de aprender expressões românticas em inglês para o Dia dos Namorados!

Já prepara o cartão, a foto pro post nas redes sociais e a mensagem que vai enviar praquela pessoa que é “the love of your life”! Confira as expressões românticas em inglês que você precisa usar nesse Dia dos Namorados:

Para quem ainda não se declarou e quer aproveitar o momento:

Would you go on a date with me? – Gostaria de ir a um encontro comigo?

I’m into you. – Eu estou a fim de você.

I have fallen in love with you! – Estou apaixonado por você!

I have a crush on you. – Eu tenho uma queda por você.

You turn my world upside down. – Você vira meu mundo de pernas para o ar.

You are my one and only. – Para mim só existe você.

Para casais que estão longe:

I miss you every day. – Sinto sua falta todos os dias.

I wish you were here with me. – Queria que você estivesse aqui comigo.

Where there is love, distance doesn’t matter! – Onde há amor, a distância não importa!

Wherever you are, it’s always in my heart! – Seja onde estiver, sempre está em meu coração!

Para casais que moram juntos:

A successful relationship requires falling in love many times! – Um relacionamento bem sucedido necessita que se apaixone muitas vezes!

I love to share life with you! – Eu amo dividir a vida com você!

I love waking up next to you every day! – Eu amo acordar ao seu lado todos os dias!

Everyday I find something about you that I love. – Todo dia eu encontro algo em você que amo.

I’m blessed to have you in my life. – Sou abençoado/abençoada por ter você em minha vida.

Para dizer que você ama muito alguém:

I love you to the moon and back – Expressão equivalente a: “Te amo do tamanho do mundo”

I don’t want anybody else but you. – Eu não quero mais ninguém além de você.

With you, forever won’t be too long. – Com você, para sempre não é muito. tempo

I’ve never loved anyone like I love you. – Eu nunca amei ninguém como amo você.

Essas são algumas das várias expressões românticas em inglês para o Dia dos Namorados. Escolha a sua e declare seu amor no melhor estilo bilíngue!

Compartilhe a dica com os amigos que precisam da forcinha para fazer uma surpresa especial! E você? Qual delas mais gostou e vai usar?

O sotaque brasileiro atrapalha na hora de falar Inglês?

Quando um falante da língua inglesa arrisca o português, quase sempre é nítido o que chamamos de “sotaque gringo”. Às vezes realmente fica difícil de entender. Mas será que o contrário também acontece? O sotaque brasileiro atrapalha na hora de falar Inglês?

 Na realidade, o que devemos abordar aqui não é exatamente o sotaque, mas sim a fonética. Cada idioma tem seus próprios sons das palavras e, inclusive, a nossa língua (o órgão mesmo) se adapta para produzir os sons do nosso idioma nativo. Quem já tentou pronunciar o “th” perfeitamente sabe bem do que estamos falando!

Reproduzir corretamente os sons das palavras faz parte de uma boa pronúncia e é essencial para que a sua fala seja compreendida por falantes nativos ou não. Assim como no português brasileiro, o inglês também sofre variações de sotaques dentro de países e regiões. Por isso, não se preocupe tanto com o sotaque, mas sim com a clareza das palavras.

Como no exemplo que mencionamos lá no início, imagine que fora do Brasil você é o “gringo” utilizando a língua estrangeira. A comunicação se torna muito mais eficiente se você souber realizar a pronúncia claramente, o menos “aportuguesado” possível.

Como aperfeiçoar a pronúncia?

Listen and repeat! Procure sempre consumir conteúdos em áudio ou multimídia em Inglês, de forma que possa se familiarizar com a sonoridade. Encontrou dificuldade em pronunciar alguma palavra? Ouça e repita quantas vezes puder!

Além disso, podemos sim conviver diariamente com o idioma Inglês quando o inserimos em várias atividades e o priorizamos até no lazer, como na hora de maratonar sua série preferida.

É interessante também buscar palestras ou podcasts sobre assuntos que você gosta e procurar saber de qual país ou região é a pessoa que está falando. Desta forma, você poderá se habituar à variação de sotaques e não terá problemas de compreensão.

Estude certo para falar certo!

Outra prática, que inclusive prezamos muito aqui na Speech, são aulas totalmente em Inglês. Da mesma forma, se você já faz um curso ou busca conteúdos na internet para aprender, prefira sempre exercitar o entendimento do conteúdo todo falado em Inglês. No início pode ser difícil, mas é a maneira mais eficaz e rápida de desenvolver principalmente o speaking.

A última dica é para que, caso você já tenha um certo conhecimento da língua inglesa, mas precise melhorar a forma e a clareza como se comunica, busque por cursos ou treinamentos mais rápidos e específicos para essa finalidade.

Então agora com a dúvida sanada e um monte de dica legal, é só colocar tudo em prática. Boas conversas para você!

5 dicas para aproveitar ao máximo sua aula online

Jovem olhando para a tela de um notebook e escrevendo em um caderno durante uma aula online

Este é um momento em que muitos alunos migraram suas aulas presenciais para o ambiente online ou começaram cursos já na modalidade a distância. O que muitos deles têm em comum é uma certa dificuldade em se preparar para usufruir completamente do conteúdo, mas esse problema vai acabar! Confira 5 dicas essenciais para aproveitar ao máximo sua aula online:

Prepare o ambiente

Essa é uma dica muito importante de seguir antes de começar. Escolha bem o local que você vai estudar e deixe ele pronto, ou seja, feche a porta se puder e avise as outras pessoas que em determinado horário você estará fazendo sua aula online e não poderá atender ninguém. Fique sozinho e longe de qualquer distração.

Prepare os seus equipamentos

Internet está lenta, microfone não pega, notebook não liga… podem ocorrer dezenas de problemas bem na hora da sua aula online. Então já faça os testes com seus equipamentos pelo menos meia hora antes. Imprevistos sempre surgem, mas você pode evitar. Fique preparado, viu?

Siga uma rotina

Se você fosse até um local físico para estudar, iria se arrumar, talvez comer algo antes e, então, viver aquele momento unicamente com foco em aprender. Faça o mesmo em casa! Dê ao seu cérebro estímulos de que você está se preparando para esta atividade e na hora da aula online fique ligado somente nela.

Respeite o ambiente da aula

Quando a aula online é ao vivo, pode acontecer do áudio ter algum pequeno atraso, então tenha paciência, principalmente se o estudo for em grupo. Se certifique de que entendeu o que foi falado, espere sua vez para interagir e respeite o tempo de fala dos colegas para que tudo fique organizado. É bem mais fácil do que você imagina!

Conheça as palavras que podem melhorar sua fluência no inglês!

Dê feedbacks

Um lembrete muito especial: sua opinião sempre importa! Pode ser que você tenha uma dificuldade ou sugestão parecida com a de outras pessoas e levar isso até seu professor é essencial para o sucesso do aprendizado.

É adotando ações simples como essas que você irá aproveitar 100% da aula online e fazer valer o seu investimento! Assim como qualquer modelo de ensino, é preciso comprometimento de todas as partes. E aí, está pronto para ter um mundo de conhecimento na tela do seu computador?

Pratique Espanhol em destinos baratos sem precisar de um passaporte

Você gostaria de fazer uma viagem internacional, sem gastar muito dinheiro e de quebra ainda colocar o Espanhol pra jogo? A América do Sul é cheia de destinos baratos para você viajar, sem precisar de um passaporte e que possuem a língua espanhola como nativa do país!

Confira o top 3 dos viajantes e dos estudantes da língua hispânica:

Argentina

A rivalidade entre Brasil e Argentina pode até existir dentro dos gramados de futebol, mas quando se trata de viagens, não se fala mais nisso!

Buenos Aires, por exemplo, é o terceiro destino mais visitado no mundo por brasileiros. Nesta cidade, é possível fazer vários passeios a pé conhecendo os principais pontos turísticos. Essa é uma ótima oportunidade de usar o Espanhol para pedir informações, por exemplo.

De um modo geral, o país possui uma ótima infraestrutura turística, diversas atrações, além dos elementos mais marcantes da cultura argentina como o tango, os vinhos e o doce de leite!

Chile

Um lugar para conhecer a Cordilheira dos Andes cheia de neve num dia, e no outro dar uma voltinha numa cidade litorânea. O Chile é um destino incrível e muito conhecido por seus excelentes vinhos e pelo inverno nevado.

A capital, Santiago, é cheia de história e de pontos turísticos. Quer testar sua compreensão do idioma Espanhol? Participe dos tours gratuitos no centro da cidade! Lá também é o principal ponto de partida para os passeios de bate e volta mais procurados, como a estação de ski Valle Nevado e a cidade de Valparaíso, uma das mais antigas do Chile e um museu de arte a céu aberto!

O país também abriga o Deserto do Atacama, o mais seco do mundo. Conhecido pelas lagoas Lagoas Altiplânicas e o céu extremamente estrelado.

Peru

O Peru é feito de contrastes maravilhosos de observar e viver. Lima é uma super capital, agitada e cheia de gente, com incontáveis atrações na região central como parques e museus. Mas, o melhor do país encontra-se em lugares como Arequipa, Nazca, Cusco, Vale Sagrado dos Incas e Machu Pichu.

Esses destinos oferecem atividades e vistas de tirar fôlego (algumas literalmente, rs). Os passeios pelo país podem incluir escaladas, trilhas, vulcões, cachoeiras, pirâmides, ruínas Incas e a famosa montanha colorida. Pensa que incrível seria criar um roteiro da viagem nas suas redes sociais, descrevendo tudo em Espanhol!

E aí, já decidiu qual vai ser o seu próximo destino na América do Sul? Se quiser estar com o Espanhol afiado, na ponta da língua, nós temos uma metodologia de ensino exclusiva e comprovada. Se quiser saber mais, é só clicar aqui.

É obrigatório ter a certificação de proficiência em inglês?

Sabe aquela vaga dos sonhos, que há tempos você ensaia pra se candidatar, mas não sabe se o seu inglês será o suficiente para o que a empresa pede? Com a preparação certa e um certificado de proficiência, ela pode ser sua! Não, não é obrigatório ter a certificação, mas é indispensável para comprovar seu conhecimento.

Os testes de proficiência são divisores de águas na vida profissional de muita gente. Além da exigência para algumas carreiras pedagógicas, existem muitas outras possibilidades de utilizá-los para agregar ao currículo, afinal, as empresas olham com atenção maior para candidatos que podem atestar suas habilidades.

Quer se preparar melhor para seu emprego dos sonhos, estudando fora do país? Os exames IELTS e o TOEFL são os mais prestigiados pelas instituições de ensino no exterior. Já se sente pronto para arriscar no mundo corporativo? O TOIEC é essencial!

O IELTS e o TOEFL se assemelham muito aos testes de vestibular realizados no Brasil, pois possuem questões enumeradas, uma pontuação e um tempo máximo de realização. Eles tendem explorar todas as áreas, como leitura, compreensão auditiva, escrita e avaliação oral. Já o TOIEC tem um enfoque maior na fluência de um estrangeiro conversando em situações relacionadas ao mundo corporativo.

Quando você se prepara para esses testes, também fica pronto para a infinidade de novas e incríveis possibilidades que terá disponível depois de obtê-los!

A Speech Idiomas é oficialmente credenciada a sediar as aplicações dos mais importantes Exames Internacionais de Proficiência, além de ter tradição nos preparatórios com 100% de aprovação. Se tiver alguma dúvida, é só falar com a gente!

Palavras em inglês que têm a mesma pronúncia e significados diferentes

Algo essencial para evoluir sua prática com um novo idioma é adquirir vocabulário. Quanto mais rico, mais fácil fica a comunicação. Na sua busca por novas palavras na língua inglesa você irá se deparar com várias delas que são homófonas, ou seja, possuem a mesma pronúncia, mas a forma de as escrever e os significados são diferentes.

No português podemos muitos exemplos, como cauda (rabo) e calda (líquido doce), cerrar (fechar, terminar) e serrar (cortar com serra), houve (verbo haver) e ouve (verbo ouvir), entre tantos outros. Assim fica mais fácil de entender, certo?

Você verá abaixo alguns exemplos de palavras homófonas em inglês e as dicas para não se esquecer ou se confundir são: se atente ao significado, não decore; treine a escrita de cada delas para compreender as diferenças; tente as inserir em frases para completar o sentido.

Confira abaixo:

Palavras que melhoram a fluência no inglês

A junção de vários detalhes linguísticos conseguem indicar o nível de fluência que você tem na língua inglesa, principalmente o quão natural sua fala soa. Todo idioma possui termos que, quando utilizados, te aproximam da forma como os nativos se comunicam no cotidiano. Neste artigo vamos te apresentar as palavras de ligação!

Também chamadas de conectivos, essas palavras são utilizadas justamente para relacionar frases. Elas podem te ajudar a adicionar ou contrapor ideias, indicar uma causa, introduzir um assunto, entre outras funções. Nós as utilizamos o tempo todo enquanto falamos em português, por isso, será muito fácil de as entender e aplicar no inglês.

A seguir, listamos exemplos em português e inglês para você perceber como é fácil de usar. Selecionamos as mais úteis para você já colocar em prática!

 

  • Conectivos de adição

Inserem e conectam uma ideia à outra.

Besides = além disso

Ex.: She won’t mind if you’re late – besides, it’s not your fault. / (Ela não se importará se você estiver atrasado – além disso, nem é sua culpa).

Actually = na verdade

Ex.: Actually- “I did a test on Monday” Actually, it was on Tuesday. / (Eu fiz um teste na segunda. Na verdade, foi na terça).

Not only = não apenas

Ex.: Not only did he turn up late, he also forgot his books. / (Ele não apenas chegou tarde, como também esqueceu os livros).

Anyway = de qualquer forma

Ex.: I don’t need a car and I don’t have money to buy one anyway. / (Eu não tenho um carro e eu não tenho dinheiro para comprar um de qualquer forma).

 

  • Conectivos de introdução

Antecedem uma ideia ou introduzem outra relacionada ao assunto.

First / First of all = primeiro / primeiro de tudo

Ex.: First, make sure you have all the ingredients. / (Primeiro, tenha certeza que você tem todos os ingredientes).

By the way = a propósito

Ex.: By the way, Jeff called this afternoon and he wants you to call him back. / (A propósito, Jeff ligou essa tarde e ele quer que você ligue para ele de volta).

 

  • Conectivos de oposição

Indicam que a próxima ideia contradiz a atual.

Instead of = ao invés de

Ex.: Instead of complaining, why don’t we try to change things? / (Ao invés de reclamar, porque você não tenta mudar as coisas?)

In spite of = apesar de

Ex.: In spite of the storm, the plane landed safely. / (Apesar da tempestade, o avião pousou em segurança).

However = contudo

Ex.: Mining is a highly profitable industry. However,  there are certain risks involved. / (Mineração é uma industria altamente lucrativa. Contudo, há certos riscos envolvidos).

Even so = mesmo assim

Ex.: I had a terrible headache, but even so I went to the concert. / (Eu tive uma dor de cabeça terrível, mas mesmo assim eu fui ao show).

On the other hand = por outro lado

Ex.: My husband likes classical music. I, on the other hand, like all kinds. / (Meu marido gosta de música clássica. Eu, por outro lado, gosto de todos os tipos).

 

  • Conectivos de causa

Explicam e/ou dão razão para alguma circunstância.

Because = porque

Ex.: I almost missed my flight, because there was a terrible traffic jam on the way to the airport. / (Eu quase perdi o meu vôo, porque havia um congestionamento terrível no caminho para o aeroporto)

Due to = devido a

Ex.: He almost died due to lack of oxygen. / (Ele quase morreu devido a falta de oxigênio).

 

  • Conectivos de consequência

Indicam o resultado ou finalidade de uma ação.

In order to = a fim de

Ex.: We all need time in order to do our best work. / (Nós todos precisamos de tempo a fim de fazermos o nosso melhor trabalho).

So that = de maneira que

Ex.: I’ll go by car so that I can take more luggage. / ( Eu irei de carro para que eu possa levar mais bagagens)

So = então

Ex.: I was tired so I went to bed early. / (Eu estava cansada então fui para a cama mais cedo).

Therefore = por consequência

Ex.: The new boots are lighter , and therefore  more comfortable to wear. / (As botas novas são mais leves e por isso mais confortáveis para vestir/calçar).

 

  • Conectivos de condição

Condição de se fazer ou não fazer algo.

If/ if only = se/ se pelo menos

Ex.: We’ll have the party in the garden if the weather’s good. / (Nós teremos uma festa no jardim se o tempo estiver bom).

As long as = desde que

Ex.: My parents don’t care what job I do as long as I’m happy. / (Meus pais não se importam com qual trabalho eu faço,  desde que eu esteja feliz).

Otherwise = senão

Ex.: You should phone home, otherwise your family will be worried. / (Você deveria ligar para casa, senão sua família ficará preocupada).

 

 

Quanto tempo leva para aprender inglês?

Se você pretende estudar inglês ou está no começo do aprendizado, provavelmente já andou pesquisando quanto tempo leva pra aprender o idioma. As respostas para essa pergunta podem te levar a dois caminhos: do conhecimento ou das promessas sem fundamento.

Aprender a língua inglesa e poder se destacar nos estudos e no trabalho, é o sonho de milhares de brasileiros. Infelizmente, muita gente se aproveita disso para vender propostas que, bem lá fundo, você sabe que não fazem sentido. É compreensível que uma chamada dizendo “aprenda inglês em um ano” seja muito atrativa e faça muita gente pagar pra ver, mas cá entre nós, só é enganado quem se deixa enganar!

Quantas pessoas você conhece que iniciaram um curso e pararam no meio do caminho alegando que não estava vendo progresso, ou que perceberam que aquilo não era pra elas? Esse pode ser até mesmo o seu caso! Um dos fatores que levam a essa desistência é a frustração por não alcançar o nível desejado, no tempo que foi prometido.

            Afinal, quanto tempo demora pra aprender inglês?

Nós sempre gostamos de lembrar que a responsabilidade é 50% de quem aprende e 50% de quem ensina, ambos precisam estar comprometidos com os resultados. Existem metodologias capazes de acelerar o processo de aprendizado e o tornar mais eficaz. Em contrapartida, o aluno deve aproveitar ao máximo as aulas e as técnicas que mais funcionam com o seu estilo de aprender.

Por aqui, utilizamos o “Common European Framework” (CERF) – Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas – como orientação tanto para nível de proficiência quanto para o tempo estimado para atingir a proficiência em inglês. Confira abaixo:

O CERF foi criado por pesquisadores especialistas em ensino e aprendizagem de língua estrangeira. Este quadro é um padrão internacionalmente reconhecido. Lembre-se que essas são horas aproximadas e que existem variações de acordo com o tempo de exposição ao idioma, qualquer tipo de conhecimento prévio, objetivo do estudo, entre outros.

A dica é: conheça o método na prática. Peça para fazer aulas experimentais, busque a opinião de outros alunos e a reputação da escola. Entenda que este é um investimento que estará fazendo e que perder dinheiro nunca é uma boa ideia.